Projeto 365 Fotos

Estou iniciando hoje, 01/01/2013, o Projeto 365 fotos.

Todos os dias publicarei uma foto e farei um breve comentário. Será a visão de uma amadora que ama fotografar e significar. Espero que gostem e acompanhem esse ano de magia e imagens, contribuindo com seu importante e bem-vindo comentário.

sábado, 3 de setembro de 2011

Sonhos de menina


Todos os meus sonhos de menina, ainda hoje, guardo no coração.
Eram sonhos movidos pela alegria e gratidão.
Não conhecia as tristezas da vida e tampouco as pedras no caminho.
Sonhava em ser e fazer.
Não contava com ressentimentos nem cansaço ou preguiça.
Tinha a certeza dos limpos de qualquer dureza: da alma ao sentimento.
Trago esses sonhos, ainda, como lembranças da ingenuidade, recordações da simplicidade, de um jeito bom de ser.
Houve dia em que pensei resgatá-los, em outro destruí-los...
Mas permanecem comigo, como neste instante em que escrevo.
Sonhei ser uma grande escritora: via-me alta, esguia e falante. Com livros publicados aos montes. Todos lidos e apreciados.
Parecia fácil, sem intermediários, somente eu e o público.
Sonhei ser pianista. Tão pequena, diante do piano majestoso.
Quis ser advogada, psicóloga e palestrante...
Sonhos nem tão distantes, parece que ainda ontem os tive como certeza.
Alguns realizados, outros deixados de lado. Na vida não se pode ser tudo.
Há que se escolher caminhos, seguir tendências interiores sem, contudo, brigar com a realidade.
Minhas escolhas são conscientes, mas guardo comigo a certeza de que meus sonhos de criança são uma parte boa de mim.
Do tempo que acreditava que na vida tudo podia, sem obstáculos intransponíveis.
Que a minha vontade era a voz que não perguntava o por quê, mas sabia a resposta. 
São estes sonhos que guardo, como lembretes, de um tempo em que era comum ser feliz simplesmente.  

10 comentários:

Luiz Gustavo disse...

muito lindo...parabéns, creio que o sonho é como a fé, vc pode perder tudo mas nao nunca a fé.
Vc nao pode parar de sonhar... o sonho nos impulsiona, nos faz crescer... creio tb que o sonho abranda a dura realidade de muitos.
Parabéns mais uma vez pelo texto... e sonhe ... sonhe sempre.

Isabel Ruiz, disse...

Obrigada. Sua opinião, seu comentário e apoio são de grande importancia para mim e para o meu trabalho. Beijos

Claudine Netto disse...

Quando crianças, sonhamos com um mundo colorido, cheio de alegria.
Vamos crescendo e vemos que não é bem assim.
Passamos por agruras e desfeitos.
Mas não deixemos aqueles sonhos
morrer.
Sonhar também nos faz crecer.

Excelente texto.
Bjs.

Atrevida disse...

Simplesmente bem retratado como somos como sonhamos.continue sonhando, pois é assim que continuamos vivos.

Isabel Ruiz, disse...

Obrigada pela visita, Atrevida, volte sempre. Bjs

Wanessa Guimarães disse...

Olá,
Parabéns pelo blog! Estou seguindo.
Segue lá também..

http://www.estanteseletiva.com/

BRISA disse...

Olá Isabel
Vim te fazer uma visitinha gostei muito do seus textos.Quando vc puder me fazer uma visita ficarei muito feliz.
Um abraço.
Ana Brisa

Isabel Ruiz, disse...

Obrigada pela visita, Ana, com certeza retribuirei. Beijos e volte sempre.

acheiebloguei disse...

Adorei o seu espaço!!! Tudo de bom e de mágico!!! Voltarei sempre! Estou seguindo, ebaaa!!!
Bjkas

Isabel Ruiz, disse...

Obaaaa!!! Oi,Rytta. Fiquei feliz que tenha gostado do blog. Quero te convidar a conhecer o meu outro blog que fala sobre nossas emoçoes e comportamento.
www.espacovidaemconstrucao.blogspot.com
Obrigada pela visita e volte sempre.
Beijos

Selo Senhora Persona - Gostou? Leve-me com você.

Photobucket